Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Aceitar

TechDengue

A integração de drones na Saúde Pública: um novo paradigma no combate à dengue

01/12/2023
4 min de leitura
A integração de drones na Saúde Pública: um novo paradigma no combate à dengue
Junte-se a mais de 2.800 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

No complexo cenário da saúde pública, onde os desafios se multiplicam, é perceptível o quanto o setor carece de informação. No que tange ao combate às arboviroses, percebemos que é imperativo transcender métodos convencionais. A integração de drones na saúde pública não apenas representa um avanço, mas inaugura uma era de eficiência e eficácia no tratamento e profilaxia do Aedes aegypti.

Neste contexto dinâmico, o TechDengue se destaca como uma resposta essencial. Não se trata apenas de uma abordagem contra às arboviroses, mas de uma transformação completa na maneira como os gestores da saúde pública enfrentam esse desafio. 

Quer saber como? Então continue a leitura e saiba como a integração de drones na saúde pública promove a otimização e eficácia em relação ao tratamento e profilaxia do Aedes aegypti. 

A Importância de investir em inovação na saúde Pública 

No universo da saúde pública, o investimento estratégico em inovação não é apenas uma escolha, mas uma necessidade que demanda muita atenção. O Aedes aegypti, vetor causador de doenças como Dengue, Chikungunya e Zika, exige uma abordagem proativa e dinâmica, e é nesse contexto onde a inovação se torna importante. 

Ao priorizar a inovação, gestores públicos não apenas respondem aos desafios atuais, mas também se preparam para um futuro onde a agilidade, a eficácia e a sustentabilidade são componentes indispensáveis.

Um outro ponto importante são os números de casos de doenças causadas pelo Aedes aegypti. A cada ano, nota-se um percentual cada vez maior de reprodução e proliferação do mosquito da dengue, sinalizando a Secretaria de Saúde dos municípios a se mobilizar. 

Mesmo que os métodos atuais de tratamento e profilaxia sejam eficientes, ainda carecem de medidas ainda melhores para otimizar o combate ao vetor. É nesse ponto onde a inovação torna-se importante. 

4 vantagens e benefícios da integração de drones na saúde pública

1. Agilidade

A integração de drones na saúde pública, com sua capacidade de cobertura rápida e acesso a áreas de difícil alcance, proporcionam uma resposta ágil no mapeamento e identificação de focos do Aedes aegypti. Essa agilidade é crucial para antecipar e conter surtos, possibilitando uma resposta imediata das autoridades de saúde. 

2. Alcance abrangente

A capacidade de cobertura extensa dos drones é um diferencial significativo. Eles podem sobrevoar grandes áreas em um curto espaço de tempo, proporcionando um alcance abrangente que supera as limitações das abordagens tradicionais. Essa amplitude é vital para garantir a abordagem global necessária no combate às arboviroses.

3. Sustentabilidade ambiental

Em sintonia com as demandas contemporâneas por práticas sustentáveis, os drones são projetados com eficiência energética e mínimos impactos ambientais. Essa abordagem eco-friendly garante que a integração de drones na saúde pública não comprometa a integridade do meio ambiente, contribuindo para uma resposta equilibrada e responsável. 

4. Redução de custos

Ao integrar drones na estratégia de combate às arboviroses, os municípios podem experimentar uma significativa redução nos custos operacionais. A eficiência na identificação, tratamento e mapeamento proporcionada por essas aeronaves resulta em uma otimização dos recursos, permitindo uma alocação mais estratégica do orçamento disponível. Em outras palavras, a integração de drones na saúde pública reduz drasticamente os custos operacionais.

TechDengue: inovação no controle do Aedes aegypti através de Tecnologia com Drones!

Em um cenário persistente de aumento do mosquito Aedes aegypti, o TechDengue surge como uma resposta inovadora, redefinindo a abordagem no tratamento e prevenção de arboviroses na saúde pública por meio de drones.

Compreendemos a necessidade de uma resposta inovadora diante da persistência desse vetor, e é exatamente isso que nossa solução proporciona: uma metodologia pioneira e adaptativa para enfrentar os desafios atuais da saúde pública relacionados às arboviroses.

Equipado com drones inteligentes, munidos de inteligência de dados, georreferenciamento e Business Intelligence, o TechDengue vai além do tratamento e prevenção do vetor. O projeto torna-se um aliado estratégico na transformação da abordagem contra a dengue, oferecendo uma resposta ágil e eficaz que se adapta às demandas do controle de arboviroses.

Descubra como o TechDengue funciona

O TechDengue é mais que uma solução. É uma metodologia prática e eficiente, moldada por anos de pesquisas e testes. A solução é composta por cinco etapas distintas, cada uma redefinindo a abordagem de combate na saúde pública por meio de drones.

Planejamos

A primeira etapa é um processo criterioso de planejamento, realizado em colaboração estreita com as prefeituras. Nosso objetivo inicial é estruturar áreas de ação alinhadas aos interesses e necessidades específicas de cada município, promovendo uma estratégia customizada e eficaz. 

O planejamento é a base sólida sobre a qual todo o processo se sustenta, garantindo uma abordagem precisa e personalizada, consolidando a parceria da gestão de saúde pública com drones.

Mapeamos

Na fase de mapeamento, captamos, em média, 200 imagens para cada hectare de voo, criando uma base robusta para as fases seguintes. 

Esse mapeamento detalhado proporciona uma visão abrangente das regiões de atuação, identificando áreas críticas e otimizando a eficácia das ações subsequentes.

Analisamos

Durante esta etapa, processamos as imagens captadas durante o mapeamento. Utilizando um software de última geração, identificamos locais com potencial de reprodução do mosquito. 

Essa fase apresenta uma taxa média de conversão de 10% de pontos de oportunidades identificados em relação ao total de imagens captadas por hectare, destacando a precisão e eficácia do processo. 

Tratamos

Neste ponto, o TechDengue se destaca na integração de drones na sáude pública. Desenvolvemos uma tecnologia embarcada capaz de realizar a dispersão de larvicida de maneira sustentável.

Utilizando uma pastilha 100% orgânica, com Espinosade derivado da fermentação biológica, asseguramos a eficácia no controle dos mosquitos com máximo respeito ao meio ambiente e às comunidades.

Essa abordagem sustentável reforça nosso compromisso com a saúde pública e a preservação ambiental.

Entregamos Business Intelligence

Reconhecendo a magnitude do impacto do projeto nas comunidades e nas prefeituras, o TechDengue sentiu a necessidade de inovar ainda mais. 

Em um contexto onde a captação, armazenamento, tratamento e análise de dados são essenciais, implementamos relatórios 100% digitais, interativos e comentados. 

Essa abordagem reflete o comprometimento do TechDengue com a transparência, oferecendo uma ferramenta vital para que os órgãos municipais possam acompanhar a evolução das ações e tomar decisões estratégicas embasadas em dados concretos.

Clique no vídeo abaixo e saiba mais sobre o TechDengue!

Integração de drones na saúde pública

Agora que você já conhece o TechDengue e entende os benefícios e vantagens da integração de drones na saúde pública, que tal conhecer os nossos serviços? Acesse o site e converse com um de nossos especialistas

Olá,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 Replies to “A integração de drones na Saúde Pública: um novo paradigma no combate à dengue”

Drones para combate a dengue: entenda a importância - Blog

[…] interseção entre tecnologia e saúde pública tem gerado avanços notáveis, e os drones emergem como agentes potenciais na gestão eficiente de doenças transmitidas por vetores, como a […]

Combate ao mosquito Aedes aegypti em 2024: Saiba Como

[…] fato, o cenário atual da dengue não tem sido fácil para a gestão pública de saúde. Os números apenas […]