Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Aceitar

Geotecnologia

Inteligência de dados: o que é e como pode ser aplicada no combate às arboviroses?

20/12/2023
6 min de leitura
Inteligência de dados: o que é e como pode ser aplicada no combate às arboviroses?
Junte-se a mais de 2.800 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Vivemos em uma atualidade onde a convergência entre tecnologia e saúde pública molda o cenário das batalhas contra as ameaças invisíveis. Nesse panorama dinâmico, a inteligência de dados emerge como uma estratégia que orienta e guia esforços no combate às arboviroses. 

Para compreendermos o papel transformador dos dados em prol da saúde pública, é essencial entender o que está por trás desse termo, que se tornou bastante comum nos contextos atuais. 

A inteligência de dados, em sua essência, representa a capacidade de não apenas coletar dados, mas de oferecer significado a eles. Ou seja, trata-se da arte de transformar dados em insights valiosos, orientando decisões e estratégias de maneira eficiente e mais consolidada. 

Neste artigo, nós iremos entender o conceito da Inteligência de Dados e como ela otimiza drasticamente os processos decorrentes da saúde pública, principalmente no que tange ao combate às arboviroses. 

Quer saber mais? Então continue lendo o artigo e tire todas as suas dúvidas sobre o assunto. 

O que é Inteligência de Dados?

Em geral, a inteligência de dados representa uma abordagem sistemática para coletar, processar e analisar informações, capacitando organizações e profissionais a tomarem decisões mais informadas e estratégicas – orientadas por dados.

Na prática, o processo envolve a inspeção crítica de conjuntos massivos de dados para identificar padrões, tendências e relações ocultas. Essa abordagem não apenas extrai conhecimento acionável, mas também capacita a formulação de estratégias embasadas.

A análise, como componente central da inteligência de dados, abrange diversas técnicas, desde as mais básicas até as mais avançadas.

Métodos estatísticos, machine learning e algoritmos preditivos são algumas das ferramentas que permeiam esse processo, permitindo a descoberta de insights que podem passar despercebidos por abordagens convencionais. 

Qual é a importância da Análise de Dados? 

Atualmente, uma boa parcela do mercado já compreende o investimento em inteligência de dados. Afinal, o emprego estratégico dessas informações não apenas reduz a ocorrência de erros e atividades mal-sucedidas, mas também minimiza custos e evita a perda de tempo com processos morosos e que não entregam os resultados previamente estabelecidos. 

De acordo com um estudo recente da Zebra Technologies, os investimentos em inteligência de dados em 2019 aumentaram cerca de 39% em relação ao ano anterior, sinalizando uma tendência ascendente. 

Diante do cenário, empresas que ainda não reconhecem o valor desse tipo de investimento correm o risco de se tornarem obsoletas. Portanto, a adoção da transformação digital é de suma importância para colher os melhores frutos desse movimento.

É inegável que toda estratégia de combate às arboviroses pode se beneficiar das valiosas informações geradas pelos dados. O planejamento, a coleta de informações e outras iniciativas ganham impulso, proporcionando um diferencial ainda mais eficiente. 

Contudo, é vital ressaltar que a eficácia dessas ações está intrinsecamente ligada à qualidade dos dados utilizados. Em outras palavras, somente a coleta de informações não é suficiente: elas devem ser relevantes o bastante para decifrar ações de combate que efetivamente entregam excelentes resultados.

Inteligência de Dados no combate às arboviroses: qual é a relação?

Ao adentrarmos no universo de combate às arboviroses, a intersecção com a inteligência de dados revela-se não somente como uma inovação, mas como uma revolução na forma como enfrentamos o vetor Aedes aegypti e suas consequências cada vez mais progressivas. 

A aplicação dessa abordagem transformadora otimiza e redefine fundamentalmente as estratégias de combate convencionais, proporcionando uma visão mais abrangente e uma eficácia ainda maior. 

O Aedes aegypti, vetor responsável pela disseminação de doenças como Dengue, Zika e Chikungunya, é conhecido por sua capacidade de adaptação e evolução. 

Para enfrentar esse desafio complexo, a inteligência de dados atua como uma aliada estratégica, acompanhando a personalidade mutante desse mosquito vetor, bem como seus pontos de foco, seu comportamento, etc. Mas, a inteligência de dados vai muito além!

Planejamento estratégico

No que tange ao combate de arboviroses, a análise de dados inicia sua jornada no planejamento estratégico. Os dados coletados por equipamentos e máquinas dotadas de analytics conseguem identificar padrões de comportamento do mosquito, como preferências de habitat e períodos de atividade. 

Logo, essa análise profunda não apenas otimiza a alocação de recursos, mas permite a antecipação de movimentos, possibilitando ações preventivas em áreas de maior risco.

Mapeamento preciso

O georreferenciamento proporcionado pela inteligência de dados assume um papel crucial no mapeamento preciso das áreas afetadas. A capacidade de identificar focos de infestação com precisão cirúrgica é fundamental para a eficácia das medidas de controle. 

Os dados georreferenciados não apenas indicam a localização exata dos focos, mas também possibilitam a visualização tridimensional, fornecendo uma compreensão aprofundada da dinâmica do ambiente.

Tratamento inteligente

A aplicação da inteligência de dados no tratamento das arboviroses é um marco na eficácia das operações. Um exemplo de uso são os drones, que podem ser equipados com sistemas de dispersão inteligente, sendo capazes de identificar áreas-alvo com base em dados coletados. 

Esse processo minimiza o desperdício de recursos e maximiza a eficácia dos tratamentos, reduzindo significativamente a presença do mosquito vetor.

Business Intelligence e relatórios em tempo real 

O ciclo da inteligência de dados no combate às arboviroses pode ser completado pela aplicação de business intelligence. Os dados coletados durante as fases de combate são transformados em relatórios acionáveis e em tempo real.

Essas análises contínuas possibilitam a adaptação dinâmica das estratégias, garantindo respostas ágeis a eventos imprevistos e contribuindo para a construção de um banco de dados histórico valioso para futuras intervenções.

Com o TechDengue, o combate às arboviroses vai muito além da inteligência de dados!

O TechDengue representa a mais pura disrupção no combate às arboviroses, com foco no Aedes aegypti

Entendendo que o mosquito da dengue persiste (e de maneira progressiva) em sua proliferação e no consequente aumento de casos, nossa solução surge como uma resposta pioneira, incorporando tecnologias de última geração para complementar a abordagem atual de tratamento e profilaxia pela Secretaria de Saúde dos municípios em conjunto com seus agentes

Equipado com drones inteligentes munidos de inteligência de dados, georreferenciamento e Business Intelligence, o TechDengue vai além da simples erradicação do vetor. Ele redefine a forma como enfrentamos a dengue, proporcionando uma abordagem ágil e eficaz.

Na prática, o TechDengue traz uma metodologia prática e eficiente na inovação para o combate à dengue, forjada por extensivas pesquisas e testes que resultaram em um modelo operacional composto por cinco fases distintas, que são:

  • Planejamento: a etapa inicial é um criterioso processo de planejamento, estipulado em estreita colaboração com as prefeituras. Nesse primeiro momento, nosso objetivo é estruturar áreas de ação alinhadas aos interesses e necessidades específicas de cada município, promovendo uma estratégia customizada e eficaz;
  • Mapeamento: na fase de mapeamento, os drones sobrevoam as áreas que foram estabelecidas na etapa do Planejamento. Em média, são captadas 200 imagens para cada hectare de voo, proporcionando uma base sólida para as fases subsequentes e promovendo uma visão abrangente das regiões de atuação;
  • Análise: na etapa de análise e identificação, realizamos o processamento das imagens captadas durante o mapeamento. Utilizando um software de última geração, identificamos os locais em potencial para a reprodução do mosquito;
  • Esta etapa apresenta uma taxa média de conversão de 10% de pontos de oportunidades identificados em relação ao total de imagens captadas por hectare, evidenciando a precisão e eficácia do processo;
  • Tratamento e profilaxia: desenvolvemos uma tecnologia embarcada capaz de realizar a dispersão de larvicida de maneira sustentável. O uso de uma pastilha 100% orgânica, com Espinosade derivado da fermentação biológica, assegura a eficácia no controle dos mosquitos com máximo respeito ao meio ambiente e às comunidades. 
  • E para otimizar a eficácia do tratamento, dispomos de imagens e vídeos registrados durante a atividade, proporcionando transparência e validação visual aos resultados obtidos;
  • Business Intelligence: captação, armazenamento, tratamento e análise de dados tornam-se rotinas essenciais, e por isso, relatórios 100% digitais, interativos e comentados são gerados, permitindo que órgãos municipais acompanhem a evolução das ações e tomem decisões estratégicas baseadas em dados. 
  • Cada prefeitura possui acesso exclusivo ao AeroCloud, nosso sistema próprio, proporcionando praticidade e eficácia na gestão de informações através de dashboards acessíveis de qualquer lugar. Além disso, oferecemos o treinamento da plataforma, garantindo mais eficiência e assertividade.

Em um mundo onde as atividades e processos estão se tornando cada vez mais tecnológicos, entendemos que a inteligência de dados é um fator crucial para o combate às arboviroses. 

Mesmo que os modelos de combate atuais continuem trazendo seus efeitos positivos, ainda assim é válido entender que podemos ir muito mais além. 

Portanto, agora que você já sabe como a inteligência de dados pode ser aplicada no combate às arboviroses, acesse o site e converse com um de nossos especialistas

Olá,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

One Reply to “Inteligência de dados: o que é e como pode ser aplicada no combate às arboviroses?”

Combate ao mosquito Aedes aegypti em 2024: Saiba Como

[…] com drones inteligentes munidos de Geoanalytics e Business Intelligence, o Techdengue vai além da erradicação do vetor, redefinindo a forma como […]