Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Aceitar

6. Como a precisão do mapeamento afeta a estratégia de controle do mosquito?

03/11/2023
Junte-se a mais de 2.800 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

O mapeamento preciso é crucial na luta contra o Aedes aegypti porque permite uma compreensão detalhada dos padrões de infestação e da localização dos criadouros. No TechDengue, a precisão do mapeamento é alcançada com o uso de drones equipados com sensores avançados, que fornecem imagens de alta resolução e dados georreferenciados. Essa precisão possibilita que os esforços de controle sejam direcionados de maneira eficaz, garantindo que o tratamento seja aplicado exatamente onde é necessário. Dessa forma, os recursos são utilizados de maneira mais eficiente, evitando o desperdício e maximizando o impacto das intervenções.

O mapeamento também ajuda a identificar padrões de risco associados a fatores ambientais e humanos, como estagnação de água e densidade populacional. Com esses dados, é possível desenvolver modelos preditivos e realizar intervenções proativas, estabelecendo um ciclo de melhoria contínua nas estratégias de controle. Assim, o TechDengue não apenas responde às ameaças existentes, mas também ajuda a prevenir futuras infestações.

Olá,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *